Depois do M4 Coupé. BMW apresenta M4 Competition Convertible xDrive

Depois da apresentação dos novos M3 e M4, eis que a BMW dá, agora, a conhecer, a nova geração da versão descapotável do M4, denominada BMW M4 Competition Convertible xDrive. E que, pela primeira vez e como o próprio nome deixa antever, passa a estar disponível, apenas e só, com tracção integral permanente.

Derivação quase fiel do coupé de duas portas M4 Competition M XDrive, o novo M4 Competition Convertible xDrive destaca-se, desde logo, pelo facto de abdicar do tejadilho retráctil que o antecessor ostentava, trocando-o por uma capota em lona. Solução que, defende a BMW, veio garantir uma redução de cerca de 40% no peso do conjunto, ao mesmo tempo que libertou mais 80 litros de espaço na bagageira. A qual passa, assim, passa a oferecer 300 litros.

De resto e como já acontece no Série 4 Convertible, também aqui é possível abrir ou fechar a capota em cerca de 18 segundos, desde que a velocidades até 50 km/h. Sendo que, a marca bávara destaca, ainda, a utilização de um óculo traseiro em vidro, assim como de novos elementos estruturais no arco, para garantir menores perdas de calor no habitáculo, além de uma maior impermeabilidade ao ruído.

Marcado pelo toque final da divisão M, a variante descapotável do M4 mantém não apenas as mesmas linhas do Coupé, mas, também, a mesma aparência desportiva. A começar e de desde logo, pela polémica e generosa grelha frontal de duplo rim, também aqui com o mesmo contorno em preto, e acompanhada de marcantes rasgos nas extremidades do pára-choques, saias laterais salientes e um impactante difusor traseiro, do qual fazem parte dois pares de ponteiras de escape circulares.

O M4 Competition Convertible xDrive vem, ainda, equipado, de série, com jantes de 19 polegadas à frente e de 20″ atrás, acompanhadas de discos de travão de de 380 mm à frente e 370 mm atrás. No primeiro caso, conjugados com pinças de seis pistãos fixos, enquanto, nas rodas traseiras, a solução passa por pinças de um só pistão flutuante.

Para os mais exigentes, a marca alemã propõe, na forma de opcional, uma solução de travagem com discos de cerâmica, de 400 mm à frente e 380 mm atrás.

Habitáculo sem alterações

Passando ao habitáculo, o mesmo ambiente já conhecido, tanto do M4, como do M3, e no qual se destacam, desde logo, os dois ecrãs 100% digitais: o primeiro, de 12,3″ e na forma de painel de instrumentos, ao passo que, o segundo, com 10,25″ e parte do sistema de infoentretenimento. Que, nesta geração, tem por base o sistema operativo iDrive 7.0. Tecnologias a que se juntam o ar condicionado automático de três zonas, iluminação interior em LED e sistema de som Harman Kardon.

Ainda no interior, bancos desportivos aquecidos também de série e, neste caso específico, revestidos a couro Merino, sendo que, o cliente pode optar, igualmente, por uma solução ainda mais desportiva, tipo bacquet, fabricada em fibra de carbono. Reduzindo, dessa forma, em 9,5 kg, o peso anunciado com a solução proposta de série.

Com o mesmo seis cilindros de 510 cv e xDrive

Intocado, permanece, pelo contrário, o seis cilindros em linha 3.0 Twin-Turbo com o nome de código S58B30T0, que assim mantém a potência anunciada de 510 cv e o binário máximo  de 650 Nm. Valores que, em conjunto com uma caixa automática de oito velocidades, um diferencial ativo e suspensão adaptativa, tudo fornecido pela divisão ‘M’, permitem acelerar dos 0 aos 96 km/h em 3,7 segundos, além de atingir a velocidade máxima anunciada de 250 km/h. A qual, acrescente-se, pode ir um pouco mais além, até aos 280 km/h, mediante a inclusão do M Driver’s Package.

Novidade, é, no entanto, o facto do modelo ser proposto, apenas e só, com sistema de tracção integral permanente xDrive, ainda que, com o sistema a favorecer, na sua atuação e quando em condições normais, a acção das rodas traseiras.

Aliás e a contribuir para uma experiência de condução que a BMW diz ser de um verdadeiro tracção traseira, o facto do sistema disponibilizar um modo de atuação 2WD, a juntar aos perfis de desempenho 4WD e 4WD Sport.

Entra em produção em julho

Com início de produção previsto para Julho, o BMW M4 Competition Convertible xDrive deverá iniciar comercialização em breve.

Quanto aos preços, nomeadamente, para Portugal, estão, ainda, por conhecer.

Fonte: Turbo

Partilhar nas Redes Sociais: