Novos sinais de trânsito chegam em 2020

Novos sinais de trânsito serão adicionados aos já existentes e outros serão atualizados, a partir de abril do próximo ano. Fica a conhecê-los.

É em abril de 2020 que veremos a chegada de novos sinais de trânsito e a atualização de outros, no seguimento da alteração do Regulamento de Sinalização do Trânsito, que foi publicada em Diário da República, a 22 de outubro.

Uma medida que pretende atualizar e otimizar a sinalização rodoviária em linha com o Plano Estratégico Nacional de Segurança Rodoviária, ou PENSE 2020.

Entre as novidades, destaque para o novo sinal de zona de residência ou de coexistência, que define zonas onde peões e veículos partilham o mesmo espaço. A velocidade máxima nestas zonas é de 20 km/h e o peão tem prevalência.

Retirado do Decreto Regulamentar n.º 6/2019:

"As zonas de residência ou de coexistência, concebidas para utilização partilhada por peões e veículos, onde vigoram regras especiais de trânsito, devem ser sinalizadas como tal, justificando-se a criação de um sinal de informação de zona residencial ou de coexistência. (…)

Na sinalização de mensagem variável são introduzidas algumas alterações, designadamente consagra-se a possibilidade de utilizar, nos respetivos painéis, os símbolos constantes dos sinais de perigo, com valor meramente informativo.

Em locais onde possam ocorrer situações de especial perigosidade permite-se a inscrição de sinais de trânsito no pavimento, designadamente do sinal que indica a proibição de exceder a velocidade máxima, complementando a sinalização vertical no alerta aos utentes dos limites de velocidade impostos. (…)

Respondendo à evolução social introduzem-se novos sinais de informação, novos símbolos de indicação turística, geográfica, ecológica e cultural, bem como novos quadros com a representaçãográfica dos sinais dos condutores, dos agentes reguladores do trânsito e a representação gráfica dos sinais luminosos."

Os novos sinais de trânsito

Alguns já são conhecidos, mas outros são totalmente novos:

Fonte: Razão Automóvel

Partilhar nas Redes Sociais: